HÁBITOS NO VESTIR

Você se veste sempre igual? Tem dificuldades para compreender seu guarda-roupa e seu estilo?

Vestir tem tudo a ver com os nossos HÁBITOS!

Você esta habituada a pensar no que vai vestir? Você costuma refletir sobre o que realmente gosta e te faz sentir mais bonita e poderosa? Você programa a suas roupas de acordo com seus compromissos e os resultados que espera ter alcançado no final do dia? Ou você simplesmente liga o piloto automático e veste o que estiver na frente?

Os mecanismos do vestir – amarrar uma gravata, fechar botões – são território dos hábitos: um homem diz a si mesmo, ‘eu devo trocar minhas roupas’, e involuntariamente ele tira seu casaco, e seus dedos trabalham de maneira habitual nos botões de seu colete

William James
hábitos

Todos os dias um grupo particular de comportamentos habituais nos tiram da cama. São os hábitos que nos permitem sair de casa com as roupas abotoadas e os sapatos amarrados.

E pessoas bem vestidas, elegantes e com uma boa estratégia de imagem pessoal cultivam bons hábitos em relação ao vestir!

Hábitos e Tomada de Decisão

Apesar de todo esse piloto automático, o processo de se vestir está sujeito a um outro fator que pode se sobrepor ao hábito, e até mesmo alterá-lo! A VONTADE! Nosso poder de tomada de decisões!

Se o vestir é uma maneira potente de autoexpressão e de manejar nossos processos cognitivos e psicológicos à nosso favor, é preciso, portanto, que diariamente, deliberemos sobre quais informações desejamos transmitir sobre nós mesmo, quais roupas queremos usar como extensão da nosso próprio corpo e quais elementos do nosso guarda-roupa melhor refletem nossas ideias sobre nós mesmos.

Tarefa fácil? Nenhum pouco!

É um hábito que precisa ser cultivado diariamente. No início é trabalhoso, exige mais tempo, disposição e carga mental (você vai sim precisar pensar mais). Contudo, como todo hábito, à medida que vai se sedimentando e sendo incorporado, passa a funcionar de maneira mais inconsciente e torna-se mais automático, funciona com menos esforço e de maneira mais rápida e até mesmo PRAZEROSA!

Como implementar novos hábitos?

Uma das coisas que a gente faz na Re-forma Visual é usar da ciência psicológica e suas ferramentas. Assim implementamos hábitos saudáveis em relação ao vestir dentro de um contexto controlado (durante o processo de cada cliente). Conseguimos, desse modo, avaliar e mensurar o seu andamento, o seu sucesso, as dificuldades, os pontos de conflito e ir ajustando a rota. É por isso que mesmo depois de seis meses após o encerramento do processo as clientes permanecem com esses hábitos incorporados às suas rotinas.

Porque eles verdadeiramente fazem sentido e foram implementados de maneira sistematizada e científica

Agora me diz aí, como andam seus hábitos de vestir?

mulher pensando em seus hábitos

Passo a passo:

Para te ajudar a implementar novos hábitos eu vou disponibilizar a ferramenta de AUTOMONITORAMENTO que eu utilizo com as minhas clientes.

Porém, pra implementar hábitos que te ajudem a alcançar seus objetivos de imagem é preciso que, em primeiro lugar, você saiba o que quer alcançar. Certo?

Comece, portanto, pelos passos abaixo:

1 – Descreva em uma folha de papel COMO VOCÊ QUER SER VISTA. E quais objetivos você deseja que a sua imagem pessoal te ajude a alcançar. Pode ser, por exemplo, aquela vaga de emprego, ou uma promoção, ou arrumar um namorado, etc.

2 – Na sequencia você irá definir MENSAGENS CHAVES que a sua imagem precisa transmitir para que você alcance o que descreveu no passo 1. Alguns exemplos: acessibilidade, credibilidade, feminilidade, poder, etc.

3 – Agora você precisa fazer um exercício de imaginação. Vamos supor que seu objetivo seja se sentir poderosa e transmitir competência e credibilidade, com acessibilidade. O que você acha que pessoas assim fazem todos os dias? Qual é a rotina matinal delas? Como elas se vestem? Liste todas essas ações diárias que você imagina que pessoas poderosas e acessíveis executam. Veja alguns exemplos:

  • Passar uma maquiagem leve diariamente,
  • Pensar na roupa que vou vestir e separá-la na noite anterior,
  • Fazer as unhas semanalmente,
  • Fazer compras de maneira consciente,
  • Acordar 15 minutos mais cedo para me arrumar com calma,
  • Etc.

4 – Por fim, você vai exercitar a sua TOMADA DE DECISÃO. Você vai refletir sobre todas essas ações que você listou no passo acima. E separá-las em duas categorias:

a) as que fazem sentido e são possíveis dentro da sua vida/rotina e que você se compromete a executar versus,

b) as que não são possíveis ou não fazem sentido para você e que, portanto, não serão executadas.

ATENÇÃO!

Muito cuidado nesse momento! Seja honesta com você mesma e não caia na armadilha de categorizar hábitos que você julga difíceis apenas para não sair da sua zona de conforto. Se você ceder a esse impulso é muito provável que não alcance os resultados que deseja.

A FERRAMENTA!

Agora é fazer o download da ferramenta:

Eu recomento que você a imprima em tamanho A3 e deixe sempre em algum lugar visível.

Você precisará além de preencher seu objetivo e os hábitos que deseja implementar, definir metas e premiações.

Eu recomento que você monitore seu desempenho por pelo menos três semanas. Crie uma escala de desempenho e o que você precisa executar para alcançar cada uma delas. Por exemplo:

  • Insuficiente – cumprir menos que 50% das ações definidas
  • Mediano – cumprir 50% das ações definidas
  • Ótimo – cumprir a partir de 90% das ações definidas

Premie o seu bom desempenho semanalmente! Dessa maneira você mantém a motivação para continuar. Novamente crie uma escala de premiação, conforme o seu desempenho. Por exemplo:

  • Insuficiente – sem premiação
  • Mediano – prêmio X
  • Ótimo – prêmio Y

Essa premiação não precisa envolver grandes gastos ou compras. Você pode se premiar com algum descanso, ou alguma experiência que lhe seja prazerosa, etc. Use a imaginação!

Espero que você tenha gostado e faça bom uso da ferramenta!

Não deixe de me contar sobre o seu progresso e se tiver alguma dúvida deixe nos comentários que eu respondo 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.